Óleos essenciais para melhorar a saúde do seu cabelo

Os óleos essenciais podem ser usados para o cuidado do cabelo. Podem favorecer o crescimento, fortalecê-la, acalmar um couro cabeludo irritado ou também ajudar o cabelo seco ou muito oleoso.

Óleos essenciais para acelerar o crescimento do cabelo

O cabelo cresce geralmente entre 0,8 e 1 cm por mês. É composto por duas partes, a raiz e o caule. A raiz encerra o bulbo, que é alimentado por meio dos vasos sanguíneos. Estes últimos lhe fornecem os nutrientes necessários. São estes nutrientes que atuam na produção da melanina – responsável pela cor do cabelo – e de queratina – que garante uma boa resistência do cabelo. A segregação permanente de queratina faz com que cresça para dentro.

Para favorecer o crescimento do cabelo, podem-se usar diferentes óleos essenciais. Como regra geral você tem que esfregar com óleos essenciais diluídos antes de cada lavagem. Deixamos agir por uns quinze minutos antes de lavar com um shampoo suave.

Podemos diluir 5 gotas de óleo essencial de Baía de Saint-Thomas. Este óleo, dosificado em um máximo de 0,5 %, tonifica e produz um efeito de calor.

O óleo essencial de hortelã-pimenta também tem efeitos benéficos. Favorece um crescimento mais rápido ao estimular a circulação sanguínea do couro cabeludo. O bulbo recebe bem mais nutrientes e o cabelo cresce mais rápido.

O óleo essencial de limão fortalece as paredes dos vasos sanguíneos e fluidifica o sangue. Traz vitalidade e crescimento do cabelo. Os óleos essenciais não devem ser usados diretamente puros sobre o cabelo.

Óleos essenciais para fortalecer o cabelo

Como complemento de uma alimentação variada e equilibrada, os óleos essenciais podem voltar a dar vigor ao cabelo. Podemos aplicar 10 gotas de óleo essencial de alecrim cineol diluídas em uma base neutra. Esta preparação é aplicada em todos os longos cabelos massageando cada mecha para que penetre bem. Deixamos repousar durante uma hora protegido com uma toalha quente antes de lavar com um shampoo suave. Podem diluir 10 gotas de óleo essencial de salvia sclarea em um óleo vegetal. Mesmo que o cabelo seja uma fibra completamente inanimada, é testemunha de nosso estado geral de saúde.

Óleos essenciais para acalmar o couro cabeludo

O couro cabeludo pode estar provocado pela poluição, por uma má alimentação, stress, fadiga. Usar alguns óleos essenciais pode ajudar a acalmá-lo. Os óleos essenciais de alecrim e lavanda são especialmente eficazes. Basta diluir algumas gotas no shampoo, usá-lo em um spray ou diluir em óleo vegetal.

O óleo essencial de gerânio do Egito é um excelente adstringente da epiderme, um tônico cutâneo e linfático. Também tem virtudes antibacterianas, antifúngicas e ajuda à regeneração das células. Permite acalmar de forma eficaz o couro cabeludo irritado.

Os óleos essenciais de lavandula abrial, de lavanda fina e de sementes de laranja também são recomendados. Também tem um efeito relaxante e calmante. Como os outros óleos essenciais, que não devem ser utilizados puros sobre o cabelo, mas diluídos em óleo vegetal de jojoba ou de abacate.

Óleos essenciais para o cabelo muito seco

O cabelo pode estar seco, quando lhe faltarem lipídios e quando a atividade das glândulas sebáceas não é suficientemente eficaz. Há que reequilibrar essas insuficiências.

Para isso, é especialmente eficaz o óleo essencial de ylang-ylang. Tem um efeito regulador da secreção de sebo e uma acção purificante. É utilizado diluído em óleo vegetal que aplicar mecha a mecha antes de lavar o cabelo com um shampoo suave.

O óleo essencial de katafray também é muito eficaz.

Óleos essenciais para o cabelo muito oleoso

O sebo do couro cabeludo é uma película de gordura que está no comprimento do cabelo para dar maciez e brilho. A superprodução de sebo pode ser devido a um desajuste hormonal, ao estresse, à má alimentação, a poluição, os raios ultravioletas, etc.

Para tratar o cabelo oleoso, podemos usar os óleos essenciais de bergamota, limão, cedro-do-Atlas de toranja, de salvia sclarea ou de louro nobre, à razão de 2 ou 3 gotas em uma noz de shampoo.

O óleo essencial de avelã também permite regular a produção de sebo e de alimentar o cabelo sem deixar uma película oleosa.